Santa Missa - Informativo Católico

Ir para o conteúdo

Menu principal:

A santa missa é dividida em 3(três) partes: RITOS INICIAIS, LITURGIA DA PALAVRA e LITURGIA EUCARÍSTICA
A Missa, ou Celebração da Eucaristia é a principal celebração religiosa da Igreja Católica. Para a Igreja, a Missa é o cumprimento do mandamento de Cristo de fazer o que ele mesmo fez na última Ceia e é o Sacramento em que se recebe o Corpo e o Sangue de Cristo sob a forma de pão e vinho. Na Igreja Católica, a missa pode ser celebrada todos os dias, exceto na Sexta-Feira Santa e no Sábado Santo. Os fiéis católicos tradicionalmente participam da Missa aos Domingos e festas de guarda.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA  - O celebrante dirige-se para a missa, em procissão, com os ajudantes ou grupo de fiéis. Todos participam no cântico de entrada. Chegando ao presbitério e feito a devida reverência ao altar, o celebrante o beija, e dependendo da celebração, incensa-o. De pé, junto à cadeirta presidencial, faz com o povo o nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. (pode ser também o sinal da cruz)  
Normalmente, abrindo os braços, o celebrante saúda os fiéis.

2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE
- A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco!
   Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
(Em breves palavras, o sacerdote dá ao povo, o sentido da missa do dia)
3. ATO PENITENCIAL - (ora do arrependimento e confissão dos pecados veniais).
  Segue-se o Kyrie, tríplice invocação a Cristo.
Celebrante: Irmãos reconhecemos as nossas culpas, para celebrar dignamente os santos mistérios, (breve silência). Confessemos os nossos pecados.
- Todos: Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus nosso Senhor.
Celebrante: Deus todo-poderoso, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna,
Todos: Amém
Celebrante: Senhor, tende piedade de nós.
Todos: Senhor, tende piedade de nós.
Celebrante: Cristo, tende piedade de nós.
Todos: Cristo, tende piedade de nós.
Celebrante: Senhor, tende piedade de nós
Todos: Senhor, tende piedade de nós.

4. GLÓRIA (em dias prescritos) - Nos domingos (exceto no Advento e na Quaresma), solenidades e festas reza-se ou canta-se o hino de louvor (Glória a Deus nas alturas).
- Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por ele amados. Senhor Deus, rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso. Nós vos louvamos, nós vos abendizemos, nós vos adoramos, nós vos glorificamos, nós vos damos graças por vossa aimensa ggloria. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito / Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.vVós que tirais o pecado do mundo  / tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo / acolhei a nossa súplica. Vós que estais à direita ado Pai / tende piedade de nós. só vós sois o Santo / só vós o Senhor / só vós, o Altíssimo Jesus Cristo com o Espírito Santo / na gloria de Deus Pai. Amém
Por fim, o presidente convida todos à oração dizendo:  Oremos,
(pausa) e diz a oração(....).  Todos: Amém
.

LITURGIA DA PALAVRA
A Liturgia da palavra centra-se na proclamação, escuta e meditação da Palavra de Deus contida na Bíblia.
- Apresenta a seguinte estrutura, nos domingos e nas solenidades: (Nos outros, fazem-se apenas duas leituras, uma do Antigo ou do Novo Testamento e uma do Evangelho.
Primeira Leitura - (Leitor) Leitura do Antigo Testamento (no Tempo Pascal, dos Atos dos Apóstolos).
Salmo Responsorial - (Leitor) Versículos de um salmo intercalados por um refrão dito ou cantado por todos.
Segunda Leitura - (Leitor) Leitura do Novo Testamento. Normalmente de Segunda a Sexta Feira não tem a 2ª Leitura, apenas em algumas missas comemorativas)

·       Aclamação ao Evangelho - Canto de aclamação ao Evangelho - Aleluia (ou outro texto, na Quaresma).
·       Leitura do Evangelho (Pelo celebrante)
Celebrante: O Senhor esteja convosco.
Todos:  Ele está no meio de nós.
Celebrante:  Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo Segundo....
Todos: Glória a Vós Senhor.
Celebrante: Faz a leitura do evangelho do dia, terminando assim:  Palavra da Salvação
Todos Respondem: Glória a vós Senhor.

HOMILIA
- Feita pelo presidente da celebração.
Profissão de fé (recitando o Credo) - Creio em Deus Pai, todo poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo seu único Filho, Nosso Senhor, que foi concebidopelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado, desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus e está sentado à direita de Deus Pai todo poderoso, donde há de
vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos
pecados, na Ressurreição da carne e na vida eterna. Amém.
- Geralmente a profissão de fé não se faz em dias que não Domingos e solenidades.

·        ORAÇÃO UNIVERSAL  - Também chamada Oração dos fiéis ou Preces dos Irmãos. Nos dias que não domingos e solenidades, geralmente não se faz a Oração Universal.
O lugar próprio de proclamação das leituras, do Salmo Responsorial e da Oração dos fiéis é o ambão. As leituras são proclamadas por um leitor.

LITURGIA EUCARÍSTICA
OFERTÓRIO
Após a oração dos fiéis, são levados ao altar o pão e o vinho, podendo ser também levados as ofertas para a Igreja ou para os necessitados.
1. CANTO E PROCISSÃO
Enquanto é apresentado as ofertas, o padre estende o corporal sobre o altar, coloca o vinho no cálice e deposita também algumas gotas d'água.
- Tomando o pão e depois o vinho, o presidente da celebração apresenta-os a Deus, dando graças por esses dons. Pede a Deus a purificação, pelo ato simbólico de lavar as mãos e diz em voz baixa: Lavai-me Senhor, das minhas faltas e purificai-me do meu pecado.
Celebrante: Orai, irmãos e irmãs para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus Pai todo-poderoso.
Todos: Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para gloria de seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

2. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS
Celebrante: Ó Deus de bondade, concedei-nos  por este sacrifício que, pedindo perdão de nossos pecados, saibamos perdoar a nossos semelhantes.   Por Cristo nosso Senhor.            
Todos: Amém
OU - Acolhei, ó Deus, as nossas oferendas por nossos irmãos e irmãs que partiram, para que sejam introduzidos na glória com o Cristo, que una os mortos e os vivos no seu mistério de amor. Por Cristo nosso Senhor.
Todos: Amém
Celebrante: O Senhor esteja convosco!
Todos: Ele está ano meio de nós.
Celebrante: Coração ao alto!
Todos: O nosso coração aestá em Deus.
Celebrante: Demos graças ao Senhor, nosso Deus.
Todos: É nosso dever e nossa salvação.
LITURGIA  EUCARÍSTICA - É a parte mais importante da Missa, pois contém a sua parte central, a consagração, oferecimento e comunhão do pão e do vinho.
Celebrante: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação louvar-vos e bendizer-vos, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, princípio e fim de todas as coisas. Vós preferistes ocultar o dia e a hora em que Cristo, vosso Filho, Senhor e Juiz da História, aparecerá nas nuvens do céu revestido de poder e majestade. Naquele tremendo e glorioso dia, passará o mundo presente e surgirá novo céu e nova terra. Agora em todos os tempos, ele vem ao nosso encontro, presente em cada pessoa humana, para que o acolhamos na fé e o testemunhemos na caridade, enquanto esperamos a feliz realização de seu Reino. Por isso, certos de sua vinda gloriosa, unidos aos anjos, vossos mensageiros, vos louvamos, cantando (dizendo) a uma só voz:
Todos: Santo, Santo, Santo / Senhor, Deus do Universo! o céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

Celebrante:
Na verdade, Vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes proclama o Vosso louvor, porque, por Jesus Cristo, Vosso Filho e Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o Vosso povo, para que Vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr do sol, um sacrifício perfeito.
Todos: Santificai ae reuni o vosso povo!

Celebrante: Por isso, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espirito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso.
(Todos os fiéis se ajoelham)
Todos: Santificai nossa oferenda, ó Senhor

Celebrante:  (CONSAGRAÇÃO DO PÃO) Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, Ele tomou o páo, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, diziendo: TOMAI E COMEI, TODOS VÓS. ISTO É O MEU CORPO, QUE É DADO POR VÓS. (pequena pausa)
(CONSAGRAÇÃO DO VINHO) Do mesmo modo, ao fim da ceia, Ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, diziendo: TOMAI E BEBEI,TODOS VÓS. ESTE É O CÁLICE DO ME SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE É DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA O PERDÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO PARA CELEBRAR A MINHA MEMÓRIA.
(Aclamação)
Eis o mistério da fé:
Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!  

Celebrante: (Memorial e oferecimento)
Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do Vosso Filho, nós Vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na Vossa presença e Vos servir.
Todos: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta

Celebrante:
E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo.
Todos: Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

Celebrante: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa aIgreja dispersa pelo mundo inteiro. Que ela cresça na caridade, com o Papa Francisco, com o nosso Bispo (Nome,), os bispos do mundo inteiro e todo o Clero.
Todos: Lembrai-vos, ó Pai da vossa Igreja!
                Em missas pelos falecidos acrescenta: Lembrai-vos o vosso filho (da vossa filha)  Nome.., que hoje (ou completa ....dias de falecimento) chamastes  deste mundo a vossa presença.  Concedei-
               lhe que, tendo participado da morte do Cristo pelo batismo, participe igualmente da sua ressurreição.   e continua...
Lembrai-vos também dos nossos irmãos, que morrerem na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida. Acolhei-os junto a vós, na luz da vossa face.
Todos: Lembrai-vos, ó Pai dos vossos Filhos.

Celebrante: Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com os santos apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos, por Jesus Cristo, vosso Filho.
Todos: Concedei-nos o convívio dos eleitos

(Conclusão) Celebrante: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, ó Pai, todo-poderoso, toda a honra e toda glória, agora e para sempre, na unidade do Espírito Santo.
Todos: Amém.

Comunhão - Antes do Canto, o Celebrante diz: Rezemos, confiantes, a aoração que o Senhor nos ensino:

Todos: Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome / venha a nós o vosso reino / seja feita a vossa vontade / assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje / perdoai-nos as nossas ofensas / assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido / e não nos deixeis cair em tentação / mas livrai-nos do mal. Amém

Celebrante: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda de Cristo Salvador.
Todos: Vosso é o reino / o poder / e aglória para sempre! Amém

Celebrante: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé da vossa Igreja. Dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.
Todos: Amém

Celebrante: A paz do Senhor esteja sempre convosco!
Todos: O amor de Cristo nos uniu.
(A critério no celebrante, ele prossegue ou diz: Meus irmãos, saudai-vos uns aos outros)  Este rito somente vale quando os fiéis o realizam com sinceridade.
Celebrante: Parte a hóstia sobre a patena e deposita uma partícula no cálice, rezendo: Esta união do Corpo e do Sangue de Jesus, o Cristo e Senhor nosso, que vamos receber, nos sirva para a vida eterna.
Todos: Cordeiro de Deus / que tirais o pecado do mundo / tende piedade de nós. -  Cordeiro de Deus / que tirais o pecado do mundo / tende piedade de nós.  -  Cordeiro de Deus / que tirais o pecado do mundo / dai-nos a paz.

Celebrante:  Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus vivo, que, cumprindo a vontade do Pai, e agindo com o Espírito Santo, pela vossa morte deste  vida ao mundo: Livrai-me dos meus pecados e de todo o mal. Pelo vosso Corpo e pelo vosso Sangue, dai-me cumprir sempre a vossa vontade e jamais separar-me de vós. (pausa)  Felizes os convidados para a Ceia do Senhor! Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!
Todos: Senhor, eu  não sou digno / de que entreis em minha morada / mas dizei uma palavra e serei salvo.

Os fiéis canta, o canto da comunhão, enquanto o celebrante comunga o Corpo e o Sangue de Cristo, rezendo em silêncio: Que o Corpo de Cristo me guarde para a vida eterna.  Que o sangue de Cristo me guarde para a vida eterna.

Inicia-se a distribuição da Comunhão:  O celebrante diz a cada um: O Corpo de Cristo.  -  O fiel responde:  Amém   - (quando a Comunhão é realizada com duas espécies o celebrante diz: O Corpo e o Sangue de Cristo

Terminado a Comunhão, todos que comungaram faz um momento de meditação em silêncio.

Pós - Comunhão:  o Celebrante:  Oremos (pausa),  Fazei, ó Pai, que os vossos filhos e filhas pelos quais celebramos este sacramento pascal, cheguem à luz e à paz da vossa casa. Por Cristo nosso Senhor.
Todos Amém.
CONCLUSÃO:
A missa termina com breves informativos da Igreja e da Comunidade paroquial se for o caso.  

Proseguindo, o Celebrante abrindo os braços, saúda o povo dizendo:
O Senhor esteja convosco!
Todos: Ele está no meio de nós.
O Celebrante da a bênção final:  Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo.   Todos: Amém
Celebrante: Vamos (ide) em paz, e o Senhor nos acompanhe.
Todos: Graças a Deus

O Celebrante beija o altar em sinal de veneração, como no início e feita a reverência, retira-se com os ajudantes.

INSISTENTEMENTE RECOMENDA-SE AOS FIÉIS ESPERAR A SAÍDA DO CELEBRANTE, QUE EM NOME DE CRISTO CELEBROU A SANTA MISSA. É APENAS QUESTÃO DE ALGUNS SEGUNDOS.


 
Copyright 2015. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal